Relacionamentos

Adorar a Deus por meio do meu relacionamento? #3: Oração

20987851_1522117501183864_1585854178_n

           Que a leitura Bíblia é importantíssima em um relacionamento nos já aprendemos, que devemos estabelecer nossas prioridades e que Deus deve estar no topo delas nós também já aprendemos. Mas sobre o que mais falar? Poderíamos falar sobre a intimidade do casal, que deve ser vigiada, poderíamos falar sobre relações sexuais antes do casamento, poderíamos falar sobre outras amizades com o sexo oposto, e, de fato, são assuntos muito relevantes (que iremos tratar em breve :D). Mas, analisando o meu próprio relacionamento, busco auxiliá-los com coisas que, se tivéssemos desde o início, tais assuntos acima seriam muito mais fáceis de se lidar. A busca por Deus deve ser constante, pode parecer clichê e repetitivo, mas é isso. Tudo se resume a isso, buscar e obedecer a Deus. De início, e talvez com um olhar distante, isso possa parecer uma obrigação, um fardo, mas a graça de Deus nos auxilia em tudo, Ele não nos desampara.

            Se alguém pedisse pra você escolher entre a leitura bíblica e a oração, qual você escolheria? De fato, é algo difícil. As duas são essenciais para nós, cristãos, que buscamos a Deus. E se, na nossa vida pessoal ambos são importantes, porque em nosso relacionamento não seria da mesma forma? Lembro-me de, no início, achar isso uma bobagem. Para mim, relacionamento era mais físico do que qualquer outra coisa. Não me refiro ao desejo de contato corporal, mas em estar junto, em se ver durante muitos dias. Quando começamos a orar juntos, Deus foi moldando meu coração. E você deve ter a mesma visão que eu tinha… “mas nós teremos que orar em voz alta?”, “mas ele vai ficar sabendo do que eu falo com Deus?”, “mas relacionamento não é para isso”. Pois bem, é sobre isso que vamos tratar no post de hoje. A oração e sua aplicabilidade em nossos relacionamentos. Se você busca glorificar mais ainda a Deus em todos os aspectos da sua vida, continue sua leitura. Seja bem-vindo ao Um Par de Bíblia!

  1. Por que orar? Antes de responder tal pergunta, algumas coisas precisam ficar claras. Primeira: você não namora por diversão (ou não deveria), você namora, pois busca conhecer mais seu parceiro para então juntos construírem uma família e isso servir para a Glória do Pai. Segunda: quando se está em um relacionamento, muitas coisas começam a serem partilhadas. As saídas, as compras, as comidas, e a sua vida com Deus. O primeiro ministério do homem é sua família, é dever dele ser o pastor dela, incluindo esposa e filhos. Isso deve ser aplicado no namoro, não como alguém com autoridade, mas como uma forma de ambos irem glorificando a Deus, cada um com sua função. A mulher, se submetendo ao seu parceiro, e ele buscando ser o mais sábio possível para instruí-la e se instruir (pois é uma responsabilidade enorme sobre vocês, homens) e, principalmente, morrendo por ela. Terceiro: ambos precisam ter intimidade para falar de sua relação com Deus e procurar um no outro refúgio para momentos de aflição (não acima de Deus, claro), mas ambos devem se ajudar. Tais coisas nos mostram a importância de se orar juntos, de compartilhar desejos, aflições, angústias, desafios, gratidões, vitórias. Um deve fortalecer o outro, por isso a importância de se conversar sobre isso, de conhecer nosso parceiro.
  2. O que orar? Mas porque dessa pergunta? Ora, ora, oração é coisa séria. Não é você sair falando qualquer coisa que vem na mente, e achar que isso vai agradar a Deus (porque esse é o propósito da oração). Devemos sim ter um grande zelo por isso, mas isso não deve nos impedir de orar. A oração não deve ser como uma fonte de desejos, que nela depositamos todos nossos pedidos e coisas que queremos conquistar. Precisamos compreender a dimensão da oração. Não é nossa oração que vai fazer Deus mudar sua decisão sobre algo e então nos conceder algo que tanto queremos, não mesmo. Deus nos faz necessitar da oração, para nos mostrar o quanto somos dependentes dEle, o quanto necessitados somos de sua graça, e aí, se for da Sua vontade, Ele irá agir. Tudo está determinado, nossa oração não muda nosso grande Deus. Por isso, quando for orar, procure adorá-lo, engrandecê-lo, admitir o quanto és dependente. Entregue sim suas aflições, anseios e desejos a Ele, mas compreenda que a vontade dEle prevalece e sempre prevalecerá.
  3. Como orar? Orar juntos é orar os dois falando ao mesmo tempo? Não falamos de “orar juntos” nesse sentido. Quando eu e meu noivo oramos junto em alguns momentos apenas um ora em voz alta, em outros momentos ambos oram em silêncio. Pare e pense: como podemos glorificar mais ao Pai por meio da nossa oração? Esse processo de fazer juntos é uma maneira de o casal ter mais intimidade para auxiliar um ao outro na caminhada com o Pai. Não existe uma fórmula secreta, existe o buscar a Deus e orar pedindo sabedoria para aprendermos a orar. Precisamos ter humildade para isso.
  4. E quais os benefícios de perder meu tempo orando com meu companheiro? Isso mesmo que você leu. Em algum momento você vai se questionar exatamente como na pergunta acima (não que esteja certo, pois orar não é perca de tempo) e nesse momento, ore a Deus e fale o porque de você achar isso (ore reclamando de orar, entendeu?). Só Deus poderá lhe auxiliar na compreensão do quanto a oração irá te ajudar no teu relacionamento, no teu convívio com seu companheiro, na sua vida pessoal.
  5. Por fim, lembrem-se: ninguém gosta de orar. Nossa carne é inclinada para o mal, nunca iremos desejar por vontade própria fazer isso. Mas, nem por isso devemos deixar de procurar vencê-la, para glorificar ao Pai.

                Meu desejo é que vocês sejam abençoados, que seus corações se encham de força e determinação para enfrentar o mal que há em nós mesmos. Que vocês vençam as aflições, e glorifiquem a Deus fazendo isso. Que o desejo pela oração, que o desejo pela leitura, pela santificação cresça, que o Pai reine a vida de vocês por completo.

Graça e Paz!

C.B. – 20/08/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s